Tribuna 17/03/2014 PDF Imprimir E-mail

Ernani de Castro (PMDB) – Cumprimentou a todos. Elogiou a limpeza nos bairros executada pela secretaria de obras. Denunciou que em muitos casos os terrenos que estão a margem de ruas asfaltadas quando ocorre construção, muitas vezes é preciso quebrar o asfalto para fazer a ligação à rede de água. Denunciou que o asfalto na Linha Delfina, alegado pelos colegas de oposição que foi feito com recursos próprios da antiga administração e segundo Castro foi feito através de um empréstimo que está até os dias atuais sendo pago.

 

Andreas Hamester (PP) – Cumprimentou a todos. Convidou a comunidade para a audiência pública da Corsan, que ocorre na manhã após a sessão, e em aparte o vereador Élio Kunzler ressaltou que há mais de 3 anos esta situação do contrato com a Corsan está pendente. Parabenizou o colega Ernani pelo projeto que regulamenta a distribuição de panfletos de propaganda.

 

Luiz Fernando Schneider (PMDB) – Cumprimentou a todos. Manifestou pesar pelo falecimento da mãe do colega Paulo Scheeren, que deixou a sessão. Falou sobre a manifestação pela liberação das obras em trecho da BR 386. Cumprimentou a colega  Lorena pela proposição do titulo de cidadão estrelense à Eni Vier. Reiterou o convite para audiência pública com a Corsan. Falou sobre a escolha do candidato do seu partido ao governo do estado.

 

Vanderlei Eidelwein (PR) – Cumprimentou a todos. Falou sobre as campanhas de combate à Dengue. Pediu atenção a situação da rua Fernando Abott com a Cel. Flores, que tem uma obra inacabada que está parcialmente alagada e servindo de criadouro de mosquitos. Em aparte o vereador Felipe Schossler (PPS) ressaltou que a proteção lateral desta obra já caiu sobre um veículo. Eidelwein falou sobre reunião na semana anterior com o presidente do seu partido sobre o projeto da Praça da Juventude na Boa União.Parabenizou a colega Lorena pela proposição do titulo de cidadão estrelense.

 

Marcelo Braun (PSDB) – cumprimentou a todos. Falou sobre a Conferência Intermunicipal de Defesa Civil, ressaltando o empenho da Defesa Civil de Estrela em liderar um projeto de amplitude regional. Lembrou que antigamente a DC agia quando ocorria enchente e hoje o trabalho é feito na prevenção e preparação para sinistros. Falou sobre seu pedido de providência para instalação de um abrigo em um ponto de ônibus pois o mesmo é utilizado por alunos, e visto que o período de chuvas se aproxima se faz necessário o abrigo. Reiterou o convite para a audiência pública