Tribuna 10/03/2014 PDF Imprimir E-mail

Andreas Hamester (PP) – Cumprimentou a todos. Falou sobre o convite recebido para participação de um protesto pela liberação do trecho de 2 km na BR 386 onde está a aldeia indígena. Falou sobre a visita dos vereadores e secretários municipais as obras do novo loteamento popular. Em aparte o vereador Lui disse que iria se pronunciar na tribuna repetindo o que Hamester dizia. Hamester criticou que a assembleia publicou um livro sobre os trabalhos da CPI da telefonia e mesmo assim os serviços de telefonia, em especial a móvel continuam muito ruins. Citou reportagem do telejornal Fantástico sobre as escolas públicas em situação precária. Em novo aparte Lui questionou se alguma escola do município se enquadra nesta realidade. Hamester explicou que seu questionamento era justamente enaltecendo a qualidade dos nossos educandários e chamando atenção para que a situação não decline em qualidade em Estrela.

 

Paulo Floriano Scheeren (PPS) – Cumprimentou a todos. Parabenizou os integrantes do Lions Club pelo trabalho desenvolvido. Repercutiu reunião entre a AES Sul e os vereadores na semana anterior ao carnaval e reiterou suas críticas à empresa, questionando como era difícil contatá-los através do 0800, mas quando o cliente atrasa a conta em 10 dias uma equipe está lá para cortar a luz. Scheeren lamentou o desrespeito às leis e a falta de segurança no Brasil que acaba por afastar empresas daqui.  Falou sobre serviços que precisam ser feitos. Sugeriu que o centro cultural que está sendo construído seja batizado de centro Cultural Celso Bronstrup em homenagem ao ex-prefeito. Lembrou de fala do vereador Ernani na sessão anterior, reiterou que o ex-prefeito fez asfalto com recursos do município e queria que o atual também fizesse. Em aparte o vereador Marcelo Braun questionou se os mais de 1 milhão de reais gastos com asfaltamento fosse encaminhados em contrapartida por projetos que não foram encaminhados.

 

Lorena Hauschild (PR) – Cumprimentou a todos.  Agradeceu pelas flores que recebeu na câmara e afirmou se sentir muito bem-quista na casa. Homenageou todas as mulheres do município pela passagem do seu dia. Relembrou os destaques da programação do MultiMulher, frisando a inovação deste ano que é o Troféu MultiMulher, sem revelar nomes falou sobre os perfis das agraciadas com o prêmio. Convidou a comunidade para o chá da Liga que ocorre na próxima semana. Falou sobre o titulo de cidadão estrelense que deve ser entregue à Eny Vier na próxima semana, fazendo um breve histórico da homenageada.

 

Gerson Adriano da Silva (PT) – Cumprimentou a todos. Reiterou os cumprimentos às mulheres pelo seu dia. Falou sobre seu trabalho apaoiando ações na área do esporte e citou evento transcorrido na sede da câmara de Vereadores sobre arbitragem em karatê.

 

Felipe Schossler (PPS) – Cumprimentou a todos. Parabenizou o trabalho desenvolvido pelo Lions Club do município. Homenageou as mulheres. Reiterou as criticas do colega Paulão à AES Sul. Ressaltou entender que no mês anterior ocorreram muitos temporais, mas pediu que agora que há tempo bom a empresa faça a manutenção preventiva da rede. Também pediu que o centro cultural seja nomeado em homenagem ao ex-prefeito Celso Bronstrup. Lamentou o episódio de racismo contra um árbitro de futebol, e destacou que é normal o xingamento e a contestação ao trabalho da arbitragem, mas tudo tem limite. Lamentou que evoluímos tanto em diversas áreas, mas no lado humano ainda presenciamos fatos como este. Pediu ao líder de governo que transmita ao executivo e a defesa civil que ajudou as famílias que tiveram contratempos por ocasião dos temporais.

 

Paulo Birck (PTB) – Cumprimentou a todos. Falou sobre o domingo clássico, que lotou o plenário da câmara no dia anterior. Falou sobre um requerimento de sua autoria solicitando a presença do secretário da saúde na tribuna da câmara. Falou sobre o seminário da Defesa Civil que ocorreu na semana anterior em preparação a conferência estadual. Ressaltou que os municípios que não tiverem uma defesa civil organizada não poderão receber diversos benefícios. Criticou as cobranças do corpo de bombeiros nas adequações de salões de comunidades, e pediu bom senso, lembrando que eventos como a Expowink  tiveram que ser reagendadas para atender as exigências. Cedeu o restante de seu espaço ao colega Adriano Scheeren (PSB) que convidou a comunidade de Arroio do ouro e da figueira que devem receber o prefeito na quinta-feira às 14hs para prestação de contas.

 

Luiz Fernando Schneider (PMDB) – Cumprimentou a todos. Citando a fala do vereador Andréas sobre a visita dos vereadores, secretários e prefeitos ao terreno em obras para construção do novo loteamento popular. Lui ressaltou que a construção e supervisão da obra serão da Caixa Econômica Federal, tendo o governo municipal contribuído com a doação do terreno. Schneider lembrou que os moradores selecionados pagarão no máximo R$80,00 por mês. Afirmou que vai levar ao governo o agradecimento do vereador Pinho. Cedeu o restante do seu espaço ao colega Ernani que respondeu ao colega Paulão que o atual governo vai realizar diversas obras e questionou que na tarde que antecedeu a sessão todos os vereadores visitaram a obra do novo loteamento, apenas o colega Paulão que estava na casa não foi. Lui Schneider afirmou que Paulão não foi feliz nessa atitude e ressaltou diversos investimentos que vieram graças as parcerias com os governos federal e estadual. Paulão reiterou que não é contra buscar investimentos federais e estaduais, apenas lembrou que no governo Celso não havia esse canal nas esferas superiores do governo.  Lui reiterou que as portas do gabinete do prefeito estão abertas a todos, inclusive oposicionistas.